Desde 2006 servindo algumas lasanhas e muitas abobrinhas.

Marcadores

segunda-feira, 2 de abril de 2007

A (não) formatura de Mércia.

- Alô!
- Alô! É a Helenice?
- É sim.
- Aqui é a Dolores! Nunca mais ligou, hein? Tô ligando pra saber de você, das novidades, da Mércia.
- Tá tudo indo...
- Indo na Graça de Deus, não é? Então, me conte as novidades!
- Sabe quem se forma quinta-feira que vem?
- Quem?
- Milena, a menina do primeiro andar. Não sei se você lembra dela, Dolores. Mas ela foi criada junto com Mércia, mesma idade. Odontologia, na Federal. Imagina no orgulho da mãe, 23 anos e formada em Dentista! Deve ser tão bom ter uma filha tão aplicada e inteligente assim!
- Não fale assim, Helenice! Você tem Mércia e ela também é muito inteligente.
-Mércia é inteligente quando ela quer! Eu tenho minha consciência tranquila que dei o estudo melhor que pude à ela. Muito superior ao meu! Porque você se lembra que em nossa época não tinha essa história de colégio particular, curso de inglês, de computação como essa garotada. Você tinha que se contentar com escola pública e pronto!
- Mas temos que lembrar que na nossa época a escola pública que era boa! Mas aqueles foram outros tempos, Helenice.
- Pois é! Mas o fato é que eu me matei de trabalhar pra sustentar esses estudos todos. Você faz idéia de quanto eu gastava com material e livro? E toda hora um trabalho ai dali cartolina, xerox, pesquisa, pedir a vizinha pra usar um pouco o computador...
- Mas é a nossa obrigação de mãe!
- Não! Obrigação era educar, dar comida e pôr na escola, já servia a municipal mesmo. Eu fiz mais que a minha obrigação! E prá quê? Prá quê tanto dinheiro gasto? Prá Mércia não passar em nenhuma universidade pública que é a boa! Nem a Federal, nem a Estadual. Nada! E olhe que na verdade eu fazia questão de no mínimo uma praca de "doutora". Já que eu não pude me formar médica, Mércia tinha que me dar esse gosto de se formar ela!
- A menina tem que estudar o que ela quer seguir!
-E o que ela quer seguir, Dolores? Por que eu já não sei mais! Já tentou Jornalismo, Biologia, História, Letras e nada! Já até abri mão de Medicina! Por tanto que ela faça uma pública, pode ser a Federal ou a Estadual mesmo. Eu já avisei: a obrigação dela é passar numa pública por que condições, boas escolas eu dei! Se ela quiser cursar numa particular ela que vá trabalhar e pagar com o salário dela!
- Mas ela não trabalha, Helenice?
- É, trabalha! É balconista de uma farmácia aqui no bairro. Vê se eu me esforcei tanto pra ela acabar virando balconista de farmácia? Mas se é a vida que ela quer... Uma moça que teve as oportunidades da vida, vai acabar assim, num balcão de farmácia!
- Não fale assim de sua filha, Helenice! Ela vai arranjar um emprego melhor! É que hoje em dia não é fácil encontrar emprego assim, como quando nós éramos mocinhas.
- E ainda mais sem um diploma, né Dolores?
- Minha irmã, dê tempo ao tempo! Quem sabe um dia em breve Mércia apruma o caminho da vida dela. Ela é jovem, tem só 23 anos, muita coisa ainda pela frente. E você não pode ficar nesse negativismo em relação a sua filha, mulher!
- Eu não sou negativista. Muito pelo contrário, eu sempre tive muita fé em Mércia e olha só o resultado de tanta fé, de tanto investimento! Eu sou é realista!
- Você tá assim com um tiquinho de tristeza porque a menina ai do seu prédio tá se formando e a sua menina não. Mas você tem que confiar que logo será sua oportunidade!
- Assim espero! Bem, Dolores. Eu preciso agora dar uma passada na costureira porque encomendei um vestido pra formatura. Vou pelo menos aproveitar a formatura das filhas dos outros.
- Ai, ai, ai... Vá, então! Mas não fique assim que não é bom nem pra você, nem pra sua filha!
- Mércia tá nem aí! Tchau!
- Tchau! Se cuide!

19 comentários:

A.J. MARTIN disse...

Credo! A mãe dessa Mércia parece a minha! Mas eu me formei... heheheheh

Wagner disse...

E pensar que isso acontece bastante!!!

Elzinha disse...

é verdade acontece, mas tbm tem gente que não ta nem ai neh?!

gostei do Tênis tbm, muito bom o seu blog!!!

=]

talvez? disse...

isso acontece, E MUITO. As vezes é triste, mas fazer o que. O pior é a mãe dela pensar assim, isso é o pior. Parabens vanessa :D

Evandro disse...

nossa! isso acho que ocorre com 80% das mães que passam pela mesma fase que a mãe de Mércia!

Tenho um exemplo na minha familia, minha tia e meu primo, ela se matou e deu milhões de cursos para ele, e no final ele quis ser motorista! Ela quis morrer e fico um ano jogando na cara dele que ele ia ser isso e aquilo, mas hoje em dia ela vê que é o que ele gosta!

Até o Próximo Post
Parabéns
T+

Anninha disse...

Nossa, a mulher doida pra ser "dotora", como não conseguiu e nem a filha dela (milhares e milhares de porquês), ficou com dor-de-cotovelo! hauhauhauhauhauhauhau

:)

princesa aurora: disse...

i'm mércia.
nice to meet you!
ahuhauahuhua




menina carente!!
eta lele!!

Rafael Barbosa disse...

hahahah
Uffa, ainda bem que minha mãe não é assim!
hahahaha
bju!

Renata disse...

Deve ser duro para uma mãe ver que seu esforço ir "por água abaixo" segundo a opinião dela.
O dever foi feito, as oportunidades foram dadas, mas nem todo mundo tem a paixão pelo aprendizado e pela vida acadêmica. Muitos são felizes da maneira que são, a questão é aceitar e não achar que pecou no passado.
Se um dia Mércia mudar de idéia, terá que andar com as próprias pernas e se decidir voltar atrás sentirá o tempo perdido e a falta de apoio da mãe, porém se ficar feliz como está, ótimo, foi a escolha dela.
Bjocas ;)

Fabiano disse...

blog um pouci diferente,
bom trabalho,
sucesso com o blog!

Kary Moore disse...

que horror, mas é a vida =/
Com esses tempos nao está facil para ninguem

dän disse...

adoro seus textos van... parabens pelo blog! um beijo e obrigada pela visita, mudei tudo no prilili, espero q goste! realmente, gosto é uma coisa q nao se discute e se tem porcaria na tv é pq dá ibope.. fazer oq...rs. beijao!

rodolpho_162 disse...

eu já disse que você escreve mmmuuuiiiitttoo bem?
Acho que já...Lá embaixo, no outro conto...
Mas, coitada da tal Mércia, ainda bem que meus pais me dão apoio em quase todas as coisas q eu faço... principalmente nas besteiras(mas acho q é pq eu passei pra Federal depois de tanto dinheiro gasto)^^
haUAHuahUAHhauHA
Sim...
Sim...
Material caro de desenho

bLAIR MULDER disse...

Uma palavra:

Nossa!

ps:adoro os textos, fico entorpecida!

beijos!


[meus blogs]
http://nadafaz.blogspot.com
http://ohibrido.zip.net

Bia disse...

Amém, graças a Deus, que minha madre nunca fez essas coisas!

É por essa mania de meter exageradamente o bedelho na vida dos filhos que tá cheio de gente frustrada no mundo rsrsrs.

Bjaum moça e vlw pelo coments no blog!

dän disse...

van, quando vc visitar o blog do Wagner (Blablaismo) ou o meu, mude a resolucao do monitor para 1024x768... acho que é por isso q vc viu letras brancas no fundo branco por lá! tente mudar, só para "bizoiar" melhor! rsrs.. beijao!

Iaiá disse...

Consigo imaginar vizinhas minhas conversando assim quando eu me formar! hhuhuh ;P

Iaiá disse...

Ah!! E outra!!
O menino do post estava com esse nick pq eu estava falando que não queria mais ficar com ele. Depois ele mudou pra:
"Ela parou olhou sorriu me deu um beijo e foi embora"

Lily disse...

vc acha q a mãe da Milena tb não reclama da Milena???

reclama também!
mãe é feita pra isso!

por mais q vc seja milionária, ter um lindo casamento e um corpão! mães sempre irão reclamar das filhas!
é a lei da vida! rsrs

bjsss

e obrigada pela visita no blog!!!
volte sempre! :D