Desde 2006 servindo algumas lasanhas e muitas abobrinhas.

Marcadores

sexta-feira, 25 de agosto de 2006

Transparência nas eleições.

Achei um marcador de livro que vinha escrito:
Os políticos são como fraldas. Devem ser trocados constantemente. E pela mesma razão.
Claro que deve haver a renovação, colocando pra fora todos aqueles que não estão fazendo jus ao nosso voto. Mas não são todos! Há (ou pelo menos deve haver) alguns políticos que merecem continuar contando com nossa confiança (tá bom, confiança é exagero) e nossos votos. Mas como separar o joio do trigo? Como saber quem deve ser posto pra fora e quem deve continuar?
Ontem recebi um e-mail com o link de um site bárbaro: http://perfil.transparencia.org.br/ Nele pode-se procurar os candidatos por nome, estado e partido. Se tem acesso à informações como:
bens declarados a justiça eleitoral, a presença em plenário, uso de verbas de gabinete, emendas de autoria do candidato em questão, financiadores de sua última campanha eleitoral...
Eu já dei uma conferida. E me surpreendeu que um candidato declarou que o valor de apartamento num bairro nobre desta capital era inferior à de um bairro popular. Ou seja, é necessário ter criticidade na hora de ver os dados ali expostos.
Eu não acredito que anular ou votar em branco ajude à mudar as coisas em nosso país. É uma forma de protesto, mas, acredito, de forma errada. Porque aqueles que têm interesse que as coisas continuem como estão não anulam os votos, votam em seus representantes. Por isso, precisamos votar nos nossos também, para que estes se elejam!
Mas não basta só votar e depois esquecer em quem votou! Depois nos cabe cobrar, mandar e-mail, carta, cobrando. Afinal, é a gente que está dando um excelente emprego com remuneração melhor ainda! Nós somos os patrões!

3 comentários:

Anninha disse...

É, Van... esse é mesmo um assunto polêmico, né? Bem, eu não voto em candidato algum, não tem jeito. Tenho uma visão bem diferente da maioria, tenho meus argumentos para não votar. Um deles é: não acredito que nenhum dos candidatos aos cargos públicos mereçam minha confiança e respeito, e nem que consigam me representar.

Outro motivo é: não concordo com a forma como o sistema político de nosso país está organizado, e acredito que manter o estado organizado da forma como está só iria garantir a manutenção das exclusões sociais nas quais o nosso país está mergulhado.

Sei que as mudanças não acontecem da noite pro dia, a História está aí para nos mostrar isso. Vivemos em um país injusto, e esse papo de que vivemos em uma democracia é conversa fiada e todos nós sabemos disso. Nos sabemos, de fato, que os que comandam, os que fazem as regras, os que concentram a renda do Brasil são esses mesmo que estão aí, brigando (as vezes de forma bem literal) pelo poder.
Infelizmente não consigo compactuar com esses fatos.

Hoje aconteceu algo bem corriqueiro, mas que ilustra bem o respeito que esses que desejam ser nossos governantes nos tem. Um candidato a governador, filho de um político (falecido) conhecido nacionalmente fez campanha aqui na minha rua. Moro próximo a um asilo de idosos e em frente a uma escola. Não obstante, para anunciar a sua chegada foi disparada uma forte rajada de fogos de artifício bem em frente a minha casa. Tomei um susto que vc nem imagina. Parecia que estava em meio a um ataque aéreo de bombas(risos)!!!

Bom humor à parte, meu esposo (que não ficou nada bem humorado) reclamou ao moço que preparou a bateria de fogos, disse que ele não devia ter feito aquilo, explicou os motivos. Que importância ele deu? Nenhuma!

Bem, querida, eu não queria ser chata nem me alongar com meu tom "revoltoso". Mas, sabe, acredito que as mudanças só poderam ocorrer quando cada um perceber o quanto se tornará forte se unido ao outro que tenha as mesmas críticas a fazer, ou que sofra as mesmas exclusões. E acho que não seremos notados se continuarmos escolhendo o candidato "menos pior" pra votar nele.

(Desculpe-me, não é nada pessoal, juro! Beijos!)

Anninha disse...

PS: Interessante o link que vc colocou... pena que tenha informações somente sobre os candidatos à câmara!

Anninha disse...

PS2: (ou eu de novo... rs). É que o Carlos também tem um blog, e escreveu sobre política lá tb. Dá uma olhadinha, se puder... ele vai gostar se vc deixar algum comentário, tenho certeza.

Beijos!

http://carlosalbertorodrigues2006.blogspot.com/