Desde 2006 servindo algumas lasanhas e muitas abobrinhas.

Marcadores

quarta-feira, 4 de julho de 2007

Entrei de gaiata na Fnac - o dia que conheci os Paralamas.

28/06/07. Às 17 h finalmente cheguei a Fnac da Paulista. Depois de nervosamente pedir informações a alguns funcionários, localizei (na parte exterior da Fnac) onde estava a fila prá se pegar uma das 100 senhas. Comprei uma garrafinha de água mineral e o livro, fui ao banheiro e me posicionei ainda no início da fila.
O referido livro era esse aí do lado, chamado "Paralamas do Sucesso" que através de fotos de Mauricio Valladares faz uma densa cobertura da carreira da banda. Comecei à folhear o livro e através daquelas imagens, fiz uma pequena viagem pela minha vida. As fotos do início da carreira me lembraram uma cena em que eu criança na escola, cantava com a professora e meus coleguinhas de alfabetização "Entrei de gaiato num navio/ Entrei, entrei, entrei pelo cano"(Melô do marinheiro) enquanto a pró fazia e nos ensinava fazer barquinhos de papel. Imagens (e lembranças) depois, fui transportada quando já adolescente ficava na piscina do prédio com o som da vizinha tocando "Uma brasileira". Combinação perfeita! Um dos melhores (o melhor talvez, concorrência fortíssima) shows que assistir com certeza foi de Paralamas em 99. Foi maravilhoso e voltei pra casa com minha camisa branca tingida de pink (era a cor da moda) das camisas de outras pessoas que estavam ao meu reddor naquele show. E os clipes? Quando passava na MTV "Ela disse adeus" eu parava tudo pra ir ver. Quando soube do acidente de ultra-leve de Herbert, meu chão fugiu por longos segundos.
Eu não sou A maior fã da banda, mas eu gosto muito mesmo! Definitivamente faz parte da trilha sonora da minha vida. Vários momentos (que pra o post não ficar longo ou pq eram beeem pessoais não expus aqui) foram ao som de músicas do Paralamas. Será que existe quem não goste, quem odeie os Paralamas?
Por isso que quando soube que justo na semana que estaria de férias em São Paulo haveria uma sessão de autógrafos da banda, decidir imediatamente que iria!
Além do fator Paralamas, havia o fator Maurício Valladares, o querido Mauval! Você nunca ouviu falar dele? Até ano passado, eu também não. Até que um belo dia, soube que Rodrigo Amarante (Los Hermanos, minha doença) participaria numa terça ao vivo de um programa de rádio do Rio, mas que (A-hãn!!!) poderia ser ouvido pelo site da rádio. O tal programa de rádio era o RoNca_RoNca , a emissora era a OiFm e o apresentador era Mauricio_Valladares. Alguma coisa ali naquele programa (não saberia bem dizer o que) me fez na terça seguinte de novo ouvir (sempre pela net) e não só ouvir, como também enviar mensagens pelo site, já que estava na frente do computador mesmo! E me viciei no programa!!! No RoNquinha não se ouve as músicas da modinha atual. Sons antigaços, atuais e de lugares longíquos ou bandas desconhecidas têm o mesmo espaço na programação. De repente vi que havia vida (e ótimas músicas) fora do do Disk MTV e do repertório da Malhação (hihihi), com informação, com humor... Uma maravilha! De tanto participar e ser de uma cidade que não tem a OiFm no dial, acabei nomeada Representante Oficial do RoNquinha em Salvador. Conhece-lo seria o máximo!!!
Após 2 horas de fila no frio, pegar a senha 8, ouvir o grupo da frente falar mais ou menos mal dos Los Hermanos, ver Mauval e toda sem graça ir falar com ele, entrar finalmente na Fnac, mas pelo arranjo ficar no fundo, não conseguindo ver o showzinho dos Paralamas, ganhar o manto do Ronquinha das mãos de Mauval, ficar mais sem graça ainda de falar ele, tirar vááááárias fotos tremidas (a única que se salvou foi essa aí de Bi Ribeiro que tá ao lado), finalmente resolver filmar (detalhe, minha câmera não capta audio) e ser entrevistada por um tal de "Xupla" de um programa aê... finalmente chegou a minha vez de ter meu livro autografado por aquelas figuras queridas!!!
Mauval foi um fofo, escreveu um textinho que me deixou (Oh, vida! De novo?) sem graça total! Ainda falou pro Bi e Barone que eu era a Representante de Salvador. Falei um moooonte de bobagem (que só de me lembrar me dá uma vergonhinha), tirei foto tremidona com Mauval, filmei os caras (sem audio) , implorei que a banda faça logo um show em SSA e saí de lá felizona da vida! Sorrizão escancarado no rosto! Botei meu livro na sacola e fui flutuando pro hotel.
Emocionadíssima cheguei ao quarto de hotel e tive uma má surpresa que quase me faz cair dura no chão: a garrafinha de água que tbm tava na sacola tava vazando agua e esta fez estrago irreparável: Apagou quase que completamente a dedicatória e autógrafo de Maurício Valladares... Já os autografos das Paralamas estavam intactos! Da esquerda é de Barone, da parte superior direita é de Bi e embaixo, com caneta mais forte de Herbert. Vão-se as fotos e os autógrafos, fica a emoção do momento registrado em minha mente!

7 comentários:

Thaty disse...

Meu que legal!!!!! gosto do paralamas !!! Não sei se tanto como vc rsrsrs...


Bjos

Arthurius Maximus disse...

Fantástico! Conhecer seu ídolo assim de pertinho e receber todo esse carinho. Totalmente oposto as pseudo-celebridades que tratam os fãs como lixo por aí. Como diz o ditato: "Quem é não precisa mostrar".

Juliana disse...

oi!
ótimo post!

gosto muito de paralamas, mas infelizmente, não curti o aaaauge porque só tenho 15 anos.
provavelmente, enquanto você se deliciava ouvindo algum clássico da banda, eu pedia desesperadamente uma roupa das chiquititas para a minha mãe.

mas o tempo passa, e hoje admiro muito os caras (não mais as chiquititas, ainda bem!) =D

e deve ser mesmo muito bom estar perto de um ídolo.

;D

beeijo!

Silêncio de Chumbo disse...

nossa... o dia que eu conheci o pessoalmente os caras foi inesquecivel!

recebi os links da banda... logo logo jah faço a analise... =)

ah!! te linkei! =)

bjo

Alexandre Carvalho disse...

Olá. Passei aqui para agradecer a sua visita em meu blog e dizer que o seu é muito legal.
Admiro as pessoas que se determinam a escrever.
Parabéns!

Jeff McFly disse...

Que garrafa maledeta, hein, Vanessa?

Mas pelo menos, o autógrafo dos paralamas ficou. Melhr q isso, só um milagre.

Passa á no arroto! Nunca mais te vi por lá. Bjo e bom FDS!

Viviane H. Laubé disse...

Olá!
Sou eu que vou te indicar um cd pra ouvir, mocinha.
Me passa seu msn, quando der, ok?!"

Adorei sua aventura pela FNAC para conseguir autógrafos do Paralamas...é realmente uma banda muito boa! Eu tenho um cd deles aqui ;)

Beeeeijo e passa lá no meu quanbdo puder, tá!?
;**