Desde 2006 servindo algumas lasanhas e muitas abobrinhas.

Marcadores

terça-feira, 8 de maio de 2007

Onde as ferrovias têm me levado.


Bem, lá vamos nós voltando aos temas propostos à alguns posts atrás. E hoje irei tratar sobre ferrovias, tema proposto por a.j.martins.

Procurando na Wikipedia, encontrei que:
Ferrovia (também chamada Caminho-de-ferro) é um sistema de transporte baseado em trens ou comboios correndo sobre carris previamente dispostos. O transporte ferroviário é predominante em regiões altamente industrializadas, como a Europa, o extremo leste da Ásia e ainda em locais altamente populosos como a Índia. As ferrovias são o meio de transporte terrestre com maior capacidade de transporte de carga e de passageiros. Em muitos países em desenvolvimento da África e da América Latina, as ferrovias foram preteridas pelas rodovias como tipo de transporte predominante.
Um dos países em desenvolvimento da América Latina em que as ferrovias foram preteridas pelas rodovias foi o Brasil. Ainda me lembro de aulas de Geografia no cursinho em que o professor disse que as rodovias predominaram no Brasil devido a força da indústria automotiva que influenciaram a construção de estradas ao invés de ferrovias. Eu não duvido, não!
Quem quiser conhecer um pouco da história das ferrovias no Brasil, podem pesquisar aqui ou quem tiver mais tempinho pra leitura, aqui.
Apesar de serem poucos no Brasil, elas não são inexistentes! Nem na minha vida! E é sobre três dessas experiências que irei contar:
A minha memória mais remota é de um passeio escolar quando eu tinha cerca de seis anos. Como muitas escolas infantis, minha escola criavam passeios para zoológico, shopping, parques... e aquela vez era pra andar de trem! Aqui em Salvador o transporte público para alguns bairros distantes é feito através de trem. Deve ter sido uma viagem pra esses bairros e voltar sem saltar... Eu não lembro! O que eu lembro é da emoção quando o trem começou a se movimentar, da pipoca, das músicas!
Já aos nove anos de idade (ou será dez?), numa excursão ao Sul com mamis, houve um passeio de trem belíssimo! Acho que foi no Paraná, mas não vou afirmar. Tinha uma paisagem lindíssima! Acho que tinha uma parte que parecia que o trem contornava um precipício, lindo! (Ou será que isso é coisa não da memória e sim da imaginação?) Lembro do meu coração acelerado vendo aquilo tudo!
Anos depois, já aos 20 anos de idade aproximadamente, eu vi uma peça de teatro, chamada "Boca de Ouro" que se passou... num trem! Em movimento! Cada estação, os atores saiam do vagão onde estava havendo o espetáculo e iam pra os camarins e outros entravam. Teve até uma passagem de tensão da trama em que as portas do vagão se abriram com o trem em movimento, para dar mais adrenalina na cena. Maravilhoso!
Agora vou contar um sonho: eu quero viajar pela Europa de trem! Deve ser tão bom! Deixar que as ferrovias européias me mostrem a beleza do Velho Mundo!

5 comentários:

Paulo Fernando disse...

O mundo seria bem mais limpo se ao invés de carros, utilizássemos trens... eu fiz, recentemente, um texto relacionado à trem...

bjos!

Fábio disse...

Eu nunca andei de trem, a não ser na cidade de SP, mas é trem urbano, muito parecido com o metrô, o que não traz, absolutamente, nenhuma emoção.

Mas uma viagem pela Europa de trem iria ser FANTÁSTICO!

Beijos

Wagner disse...

poxa... quando eu era pequeno eu andei bastante de trem. Agora nem dá mais, eles não existem mais por aqui... uma pena.

Jeff McFly disse...

Opa! Con certeza, amiga. Viajar de trem pelo velho continente deve ser uma aventura inesquecível.

S´num esteja em Amsterdã e pegue um trem para a ioguslávia. Já assisti esse filme... kkkkk

Bjo, manina!

A.J. MARTIN disse...

Eu já viajei de trem em Belo Horizonte quando tinha uns quatro anos, mas não consigo esquecer! É muito bom! Bem melhor que carro; apesar dos pesares e desconforto.... hehehehehe!
Bjs!
Desafio muito bem realizado!